menu

Três suspeitos são presos por crime contra policial em Mesquita

O crime ocorreu em um estabelecimento no centro da cidade

O cabo Derinaldo Cardoso dos Santos foi morto ao tentar impedir um assalto em Mesquita (RJ)
O cabo Derinaldo Cardoso dos Santos foi morto ao tentar impedir um assalto em Mesquita (RJ) (Reprodução/NE10 Interior)

Três suspeitos foram presos acusados de matar um policial em Mesquita, no Rio de Janeiro, durante uma tentativa de assalto. O crime ocorreu na última sexta-feira (4), em um estabelecimento que fica localizado no centro da cidade. Segundo os investigadores, Jonathan Targino e um comparsa foram detidos no último domingo (6). Outro suspeito, Jhonny Silva Quirino, foi preso no mesmo dia do crime. Um quarto suspeito está foragido.

O cabo Derinaldo Cardoso dos Santos, de 34 anos, foi surpreendido e morto com um tiro à queima-roupa na cabeça. O PM atuava há quase 10 anos e trabalhava no 20º Batalhão. Depois do ocorrido, Derinaldo chegou a ser levado para o Hospital Geral de Nova Iguaçu (HGNI) em estado gravíssimo. Ele passou por uma cirurgia de emergência mas não resistiu aos ferimentos. Derinaldo deixa esposa e dois filhos. 

PM aponta arma para o rosto de outro policial em pleno centro de São Paulo

O crime foi registrado pelas câmeras de segurança do estabelecimento. Durante a ação, é possível ver o PM com a arma em punho na tentativa de impedir o assalto. Um dos assaltantes, que também estava armado, se escondeu atrás das mercadorias, ficou à espreita e disparou contra o policial quando ele se aproximou.

Confira as imagens: