CVPs

Mais de 4 mil roubos em Pernambuco foram computados em novembro

Crimes compreendem a roubos de celulares, cargas, veículos, bancos, assaltos a transeuntes e outras formas de subtração de bens

Equipe NE 10 Interior
Equipe NE 10 Interior
Publicado em 14/12/2020 às 14:55
NOTÍCIA
Pixabay
FOTO: Pixabay
Leitura:

No mês passado, os Crimes Violentos contra o Patrimônio (CVPs), que compreendem os roubos de celulares, cargas, veículos, bancos, assaltos a transeuntes e outras formas de subtração de bens, corresponderam a 4.066, em Pernambuco. 

O quantitativo foi divulgado, nessa segunda-feira (14), pela Secretaria de Defesa Social (SDS), que também apontou uma redução de 29,16% no que se refere ao registro de queixas sobre os CVPs , em relação ao mesmo período de 2019. 

De acordo ainda com os dados da SDS, no acumulado do ano, a diminuição é de -34,24%. Nos 11 meses de 2020, foram notificados às polícias 48.603 crimes patrimoniais, contra 73.907 boletins de ocorrência no mesmo período do ano anterior. 

"Este ano tivemos 25.304 CVPs a menos em relação ao ano passado. Esse não é só um dado estatístico. Significa que um grande volume de pessoas deixou de ser vítima da criminalidade", destacou o secretário de Defesa Social de Pernambuco, Antônio de Pádua. 

Celulares

Ainda sobre os roubos em Pernambuco, no ultimo mês de novembro foram recuperados 906 aparelhos celulares através do programa Alerta Celular, da SDS, de um total de 8.889 no acumulado do ano.

Segundo a SDS, houve uma redução de 25,3% entre janeiro e novembro deste ano em relação a 2019 nas denúncias roubo de celulares no Estado, ao cair de 29.187 para 21.816 aparelhos subtraídos.

 

Mais Lidas