vacina em pernambuco

MPPE vai fiscalizar vacinação nos municípios para evitar desvios

A fiscalização deve ser realizada por representantes do Ministério Público em todo o Estado

Eduarda Cabral
Eduarda Cabral
Publicado em 20/01/2021 às 11:37
NOTÍCIA
Day Santos/TV Jornal
FOTO: Day Santos/TV Jornal
Leitura:

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) anunciou que vai fiscalizar a aplicação das vacinas contra a Covid-19 em todos os municípios do Estado. O objetivo é de evitar desvios, para que pessoas não recebam o imunizante de forma indevida, sem pertencer aos grupos prioritários.

Secretário de Saúde 'fura fila' da vacinação contra Covid-19 no Sertão

"Me arrependo", diz fotógrafo que 'furou fila' da vacinação em Jupi

O procurador-geral de Justiça de Pernambuco (PGJ-PE), Paulo Augusto de Freitas Oliveira, será o responsável por expedir a recomendação para que os membros do MPPE em todo o Estado fiscalizem e monitorem a vacinação nos municípios.

"Estamos vivenciando um caso de emergência em saúde pública em todo solo nacional e é inadmissível que, considerando o quantitativo de vacinas recebidas pelo Estado de Pernambuco, haja qualquer descumprimento das normas estabelecidas pelo Plano Nacional de Imunização, bem como pactuações locais. Estamos formatando uma recomendação que irá orientar os membros de todo o Estado nesse processo de fiscalização", diz o MPPE em nota.

Saiba quais são os grupos prioritários da vacinação contra a Covid-19

Irregularidades

Em Jupi, no Agreste, um caso está sendo investigado pelo MPPE. Um fotógrafo recebeu a primeira dose da vacina sem pertencer a nenhum grupo prioritário. Outro caso foi registrado em São José do Egito. O secretário de Saúde recebeu a primeira dose, alegando que estava fazendo isso para incentivar a população a se vacinar.

Mais Lidas