Saúde

Prefeitura de Petrolina divulgará lista de vacinados contra covid-19 na cidade

Lista deve ser publicada até sábado

Marília Pessoa
Marília Pessoa
Publicado em 28/01/2021 às 12:51
NOTÍCIA
Jonas Santos/Prefeitura de Petrolina
FOTO: Jonas Santos/Prefeitura de Petrolina
Leitura:

A prefeitura de Petrolina, no Sertão pernambucano, decidiu que tornará pública a lista de pessoas que foram vacinadas contra o coronavírus (covid-19) na cidade. Os nomes serão divulgados no site da prefeitura. A lista com aproximadamente 3 mil nomes de vacinados deve ser divulgada até este sábado (30).

De acordo com a gestão, a lista deve "comprovar que o público já vacinado integra os grupos prioritários”. Essa medida foi tomada para "dar credibilidade e transparência a todo o processo de vacinação contra a covid-19 em Petrolina”.

Para o prefeito Miguel Coelho, a divulgação da lista ajudará a evitar casos de pessoas que estão furando a fila de vacinação e que não fazem parte dos grupos prioritários. “Vimos alguns casos isolados do uso impróprio da vacina nas últimas semanas. Além de ser má fé, essa atitude desacredita as instituições. Por isso, ao tomar a decisão de divulgar a relação dos nomes, queremos mostrar para a sociedade que não haverá em Petrolina gente furando fila nem privilégios. Nesse momento, é essencial que façamos tudo para que as pessoas acreditem no processo e incentivem a vacinação, pois esse é o caminho para vencermos juntos essa pandemia que já tirou tantas vidas”, disse ele.

Técnica de enfermagem do hospital de campanha é a 1ª vacinada contra coronavírus em Petrolina

Idosos a partir dos 85 anos podem ser vacinados em Caruaru; saiba como agendar

Idosa de 104 anos marca início da vacinação contra Covid-19 em abrigos de Petrolina

Furar fila da vacinação contra Covid-19 pode levar à prisão

Dados gerais

Mais de 2.800 pessoas foram vacinadas na cidade, de acordo com a prefeitura. Dentre elas, estão profissionais da área de saúde que atuam na linha de frente contra a covid-19, idosos residentes em casas de longa permanência, além de idosos com mais de 85 anos.

*Com informações do Blog de Jamildo

Mais Lidas