menu

Confira o que se sabe até agora sobre a antecipação de 13º salário para aposentados do INSS em 2021

O pagamento deve ser antecipado ainda no primeiro semestre deste ano.

Trabalhadores do mercado formal representam 57,6% do total de beneficiados pelo pagamento do 13º salário
Antecipação de 13º salário para aposentados do INSS em 2021 (Agência Brasil )

Os aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) aguardam a liberação da antecipação dos valores referentes ao 13º salário. A expectativa é de que o benefício seja pago ainda no primeiro semestre de 2021, como aconteceu em 2020.

Veja quando começam pagamentos da antecipação do 13º salário para aposentados e abono salarial

Saiba como consultar o extrato de empréstimos e pagamentos do INSS

Em janeiro deste ano, o Sindicato Nacional dos Aposentados da Força Sindical solicitou a antecipação dos valores, de acordo com o presidente sindical, João Inocentini. O pagamento teria sido confirmado pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, mas até agora o governo não fez nenhum comunicado oficial.

"A esperança é sair em março; no final de março, começo de abril", disse Inocentini a respeito da previsão dos pagamentos da antecipação de 13º salário para aposentados do INSS.

13º do Bolsa Família volta a ser pago em março; confira o calendário

O que diz o governo? 

Durante uma entrevista realizada em fevereiro, Paulo Guedes afirmou que as novidades sobre a antecipação devem ser divulgadas nos próximos dias. "[Em 2020] Antes da PEC de Guerra, nós usamos o espaço infraconstitucional, antecipamos o abono salarial, antecipamos 13º de pensões e benefícios, para proteger as camadas mais frágeis. Nós estivemos esperando a volta do Congresso para disparar algumas renovações de programas e outros que podemos fazer. Já antecipamos o abono salarial. Queremos antecipar também as pensões e aposentadorias, dos idosos. Isso está pronto para ser disparado. Nós podemos disparar isso", disse Guedes.

Confira o calendário para retomada da prova de vida do INSS

De acordo com o ministro, o governo estava esperando o retorno das atividades do Congresso Nacional para fazer a renovação de programas ou criações de novos programas. A aprovação da antecipação depende, de acordo com Guedes, da aprovação do Orçamento 2021.

O INSS, por sua vez, informa que não fala sobre estudos do governo em andamento. O adiantamento do 13º salário do INSS para aposentados e pensionistas ocorre desde 2006. Em 2020, foram antecipadas a primeira e a segunda parcela para tentar minimizar os efeitos da crise econômica provocada pela pandemia Covid-19.