menu

Idosa de 110 anos recebe alta após se recuperar da Covid-19

A família acredita que os sintomas relativamente leves da idosa foram resultado das duas doses da vacina que ela recebeu.

Idosa de 110 anos se recuperou do coronavírus
Idosa de 110 anos se recuperou do coronavírus (Arquivo pessoal)

Dona Henriqueta Soares Marques, de 110 anos, recebeu alta do hospital Albert Einstein, em São Paulo, na última quarta-feira (31) após se recuperar da Covid-19. A idosa foi recebida com alegria pela família e os profissionais de saúde se emocionaram com a recuperação da “vovozinha do hospital”, como era carinhosamente chamada. 

"Essa despedida da equipe na saída foi uma surpresa pra ela, ela ficou muito emocionada. Ela, eu, a família inteira, foi algo muito especial. Ver uma pessoa da idade dela vencer essa batalha, eu acho que é uma mensagem de muita esperança", contou o neto de Henriqueta, ao G1.

A família contou que a idosa é muito independente e ativa. Ela havia recebido a segunda dose da vacina CoronaVac no final de fevereiro, antes de ser contaminada com o vírus. Os familiares acreditam que os sintomas relativamente leves que senhora apresentou foram um resultado positivo da vacinação.

Contaminação

Após receber as duas doses da vacina, Henriqueta continuou em isolamento em casa, na zona rural de São Paulo. No entanto, sua filha, de 81 anos, "quebrou" o isolamento para receber a vacina e, poucos dias depois, apresentou sintomas da doença. Como ela cuidava da mãe, acabou infectando a idosa.

“Logo após receberem a vacina, antes de tomar a segunda dose, meus pais começaram a ter uns sintomas de mal-estar que foram piorando. No dia 12 de março, tiveram sintomas mais fortes de coronavírus e fizeram o teste RT-PCR. Então, no dia 14, descobriram que estavam positivos”, explica o neto da idosa, Giancarlo Bonansea.

Foi no dia 16 de março que a idosa foi diagnosticada por meio de um exame, mas ela ainda não apresentava nenhum sintoma da doença. Ela ficou 12 dias internada, por conta de uma pneumonia e de uma inflamação no músculo do coração provocados pela doença. A filha de Henriqueta teve alta do hospital um dia antes da mãe, na terça-feira (30).