Estelionato

Suposto pastor é suspeito de aplicar golpes e causar prejuízo entre R$ 500 mil e R$ 1 milhão

Cerca de 20 pessoas procuraram a Delegacia de Policia Civil de Serra Talhada. As vítimas compraram casas e terrenos que não foram entregues.

NE10 Interior NE10 Interior
NE10 Interior
NE10 Interior
Publicado em 08/04/2021 às 13:56
NOTÍCIA
Reprodução
FOTO: Reprodução
Leitura:

Um homem, que dizia ser pastor, está sendo investigado suspeito de estelionato em Serra Talhada, no Sertão de Pernambuco. De acordo com a Polícia Civil, foram registradas denúncias por cerca de 20 pessoas. As vítimas compraram casas e terrenos e após o pagamento o homem desapareceu com o dinheiro.

A dona de casa Gislayne Belfort, uma das vítimas do suposto pastor, disse que sofreu um prejuízo de cerca de R$ 50 mil. “No anúncio ele fazia uma proposta maravilhosa, que era a gente dar 25% de entrada ou uma parcela de entrada e dividir o resto do valor da casa em 10 anos, sem juros e sem correção”, relatou.

Investigação

De acordo com o delegado à frente do caso, Alexandre Barros, as investigações foram iniciadas com base no relato das vítimas. Ainda segundo ele, o prejuízo total é estimado entre R$ 500 mil e R$ 1 milhão.

 “É um prejuízo relevante em uma cidade como Serra Talhada, uma cidade de médio porte. Tem vítima que reuniu a economia da vida inteira e passou em espécie a esse investigado ”, esclarece o delegado.

Informações preliminares indicam que o suposto pastor, o genro, a filha dele e uma quarta pessoa são suspeitos de participar do estelionato. O esquema fez várias vítimas, muitas inclusive ainda não formalizaram a denúncia. O suposto pastor ainda não compareceu à Delegacia de Policia Civil de Serra Talhada para prestar esclarecimentos.

Mais Lidas