Luto

"Tudo que a gente queria era ela aqui dando risada de novo": afirma ex-marido de jovem morta na Paraíba

Corpo da vítima foi encontrado na última terça-feira (27) atrás de um condomínio em João Pessoa.

NE10 Interior NE10 Interior
NE10 Interior
NE10 Interior
Publicado em 28/04/2021 às 18:22
NOTÍCIA
Reprodução/Arquivo pessoal
FOTO: Reprodução/Arquivo pessoal
Leitura:

O caso de Patrícia Roberta, morta após ter ido visitar um suposto amigo, em João Pessoa, na Paraíba, no último domingo (25), tem comovido pessoas de todo o país. A jovem foi visitar um amigo, principal suspeito de ter cometido o crime, na sexta-feira (23), e pretendia voltar para Caruaru, no Agreste de Pernambuco, onde morava, na segunda-feira(26).

Em uma entrevista concedida a equipe da TV Jornal Interior, o ex-marido de Patrícia Roberta, Victor Silva, disse que a jovem era muito amorosa. "Ela não guardava mágoa de ninguém, era muito amorosa, a prova disso é como a cidade e o estado estão reagindo a situação", disse.

O ex-marido, ainda contou que ele e a família de Patrícia esperavam encontrar a vítima com vida."A gente se agarrou a esperança de encontrar ela com vida, mas, infelizmente, fomos arrasados por essa notícia. E agora é só o tempo para consolar a família e amigos. Tudo que a gente queria era ela dando risada aqui de novo", afirmou o jovem.

Confira entrevista na íntegra: 

(a partir do minuto 35:48)

Após informações repassadas pela população, a polícia da Paraíba encontrou o corpo da vítima, na última terça-feira (27). O corpo estava atrás de um condomínio, enrolado em um saco plástico com fitas adesivas em estado de decomposição.

Entenda o caso:

De acordo com os familiares, Patrícia Roberta teria ido visitar um suposto amigo em João Pessoa, na Paraíba, na última sexta-feira (23). Patrícia voltaria para Caruaru na segunda-feira (26) e mantinha contato com os familiares durante a estadia na capital paraibana. No entanto, desde o último domingo (25) a jovem está desaparecida e não há paradeiro do amigo que ela teria ido visitar.

Em entrevista ao NE10 Interior, a prima de Patrícia disse que na última semana a jovem havia falado com ela pedindo ajuda para comprar uma passagem de ônibus e informou à família que iria viajar para João Pessoa para encontrar um amigo, que teria estudado com ela no colégio em Caruaru, quando era mais nova.

> "Eu só quero ir pra casa", disse jovem de Caruaru à mãe momentos antes de desaparecer em João Pessoa

> Circuito mostra suspeito em caso de desaparecimento de jovem de Caruaru carregando corpo em moto; veja vídeo

A jovem pernambucana saiu em direção a João Pessoa por volta das 17h da última sexta-feira (23). Ao chegar na cidade, a jovem avisou à família que havia chegado e mandou fotos. No sábado (24), ela enviou uma foto em que aparecia o prédio onde supostamente ela estava hospedada. No domingo (25), Patrícia parou de responder às mensagens dos familiares.

Depois que os familiares perderam o contato com Patrícia no último domingo (25), a jovem foi dada como desaparecida pela família. A policia realizou buscas e encontrou o corpo dela em um terreno da capital paraibana em avançado estado de putrefação.

Sepultamento: 

De acordo com informações de familiares, o corpo de Patrícia Roberta, será sepultado na quinta-feira (29), no Cemitério Dom Bosco. A prima da vítima disse que a polícia da Paraíba pretende liberar o corpo até as 11h da quinta-feira (29).

Em seguida o corpo virá para Caruaru, onde será velado e enterrado. Ainda de acordo com ela, a família da jovem vai receber o corpo na casa da avó de Roberta e de lá segue para o sepultamento que será no Cemitério Dom Bosco. 

Mais Lidas