Pandemia

Covid-19: Toque de recolher é decretado em Pesqueira até 3 de junho

Medida foi tomada devido o aumento de casos e internações de Covid-19 no município.

NE10 Interior NE10 Interior
NE10 Interior
NE10 Interior
Publicado em 23/05/2021 às 12:19
NOTÍCIA
Reprodução/TV Jornal Interior
FOTO: Reprodução/TV Jornal Interior
Leitura:

Com o aumento de casos e internações de Covid-19 no município de Pesqueira, no Agreste de Pernambuco, a prefeitura do município decretou toque de recolher na cidade a partir do dia 24 de maio até o dia 3 de junho. Além das medidas estipuladas pelo decreto estadual que teve início no dia 18 de maio, o município determinou novas medidas para combater a pandemia do novo coronavírus.

O decreto municipal determina que o toque de recolher seja das 20h até às 5h do dia seguinte, para confinamento domiciliar obrigatório, ficando proibido a circulação de pessoas, exceto quando necessária para acesso aos serviços essenciais e prestação, comprovando-se a necessidade ou urgência. O documento também esclarece que poderá ocorrer apreensão de veículos e a condução de pessoas pelas autoridades competentes caso haja descumprimento. 

As igrejas poderão funcionar apenas das 5h às 18h com 30% da capacidade e respeitando os protocolos sanitários, com distanciamento de 1,5m por indivíduo, uso de máscara e disponibilização de álcool 70% na entrada.
O comércio em geral, também, funcionará das 5h às 18h, com 30% da capacidade. Além disso deverá realizar a medição de temperatura na entrada e a entrada será limitada a uma pessoa por grupo familiar, salvo algumas exceções. O sistema de delivery está autorizado.

No documento a prefeitura reforça a obrigatoriedade do uso de máscaras pelas pessoas, em todo território municipal,  nos espaços de acesso aberto ao público. Caso haja o agravamento da situação, o decreto deverá ser prorrogado.

Novas medidas restritivas para o Agreste

Governo de Pernambuco anunciou novas medidas restritivas para a 2ª Macrorregião de Saúde, que abrange a IV e V Geres, com sedes em Caruaru e Garanhuns, respectivamente. As medidas passaram a valer desde o dia 18 de maio e vão até o dia 31. Ao todo, 53 municípios do Agreste devem cumprir as medidas. 

> Governo de Pernambuco anuncia novas medidas restritivas para cidades do Agreste; Veja lista de municípios afetados

> Novas medidas: Veja como fica o funcionamento do comércio e Polo de Confecções do Agreste

Com as novas medidas, as atividades econômicas devem ser encerradas às 18h durante a semana. Nos finais de semana, apenas supermercados, feiras livres de produtos alimentícios, farmácias, padarias e postos de gasolina poderão abrir as portas.

O Polo de Confecções deverá ficar fechado aos sábados, domingos e segundas. No entanto, as prefeituras de Caruaru, Santa Cruz do Capibaribe e Toritama, determinaram que as feiras de confecção podem funcionar de terça a sexta-feira enquanto o decreto durar.

Mais Lidas