Pandemia

Pernambuco suspende visitas presenciais em todo o sistema prisional

Medida foi tomada devido ao agravamento dos números coronavírus no Estado.

NE10 Interior NE10 Interior
NE10 Interior
NE10 Interior
Publicado em 26/05/2021 às 19:04
NOTÍCIA
Divulgação
FOTO: Divulgação
Leitura:

A Secretaria Executiva de Ressocialização (Seres) informou, que as visitas presenciais de familiares em todos os estabelecimentos penais de Pernambuco, estão suspensas até o dia 15 de junho. A decisão inclui as cadeias públicas e as unidades prisionais. Também estão incluídos todos os estabelecimentos prisionais do Agreste de Pernambuco, que entrou em quarentena rígida nesta quarta-feira (26).

De acordo com a Seres, a medida foi tomada devido ao agravamento dos números coronavírus em todo o Estado. O momento, de acordo com o secretário estadual de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico, é de resguardar pessoas privadas de liberdade, familiares e servidores.

“Somos obrigados a, mais uma vez, fechar o sistema penitenciário de Pernambuco para a visitação de familiares com o objetivo de garantir a saúde de todos”, informou. 

Visitas virtuais

Desde maio de 2020, a Secretaria Executiva de Ressocialização, implantou as comunicações virtuais, que tem o objetivo de garantir a manutenção dos vínculos com parentes. Com a suspensão das visitas presenciais, as 23 unidades prisionais seguem disponibilizando as visitas virtuais da família. 

As visitas acontecem de segunda a sexta-feira, numa sala reservada, com supervisão de um servidor da unidade prisional. Ao todo, 57.536 encontros já foram realizados, inclusive entre detentos e parentes residentes em outros estados e países. 

Medidas restritivas no Agreste 

Nesta quarta-feira (26) começaram a valer as novas medidas restritivas estabelecidas em decreto pelo Governo de Pernambuco para conter o avanço da Covid-19. Até o próximo dia 6 de junho, fica permitido apenas o funcionamento de atividades consideradas essenciais. Estas medidas são voltadas a 65 cidades do Agreste.

> Comércio vai fechar? Igrejas podem abrir? Entenda os detalhes do novo decreto do Governo de Pernambuco

Durante este período, fica proibido, em qualquer dia e horário, o funcionamento de estabelecimentos e a prática de atividades econômicas e sociais de forma presencial. As medidas valem para os 53 municípios das Gerências Regionais (Geres) IV e V – que têm como cidades polo Caruaru e Garanhuns – no Agreste, e mais 12 cidades da Geres II, com sede em Limoeiro, entrarão em quarentena rígida também nos dias de semana.

 *Com informações do Diário de Pernambuco 

Mais Lidas