Caso DJ Ivis

Funcionário de DJ Ivis diz que "travou" e não interferiu ao presenciar agressões

Ex-esposa de músico divulgou vídeos nesse domingo (11)

NE10 Interior NE10 Interior
NE10 Interior
NE10 Interior
Publicado em 15/07/2021 às 11:39
NOTÍCIA
Reprodução/Instagram
FOTO: Reprodução/Instagram
Leitura:

O funcionário do DJ Ivis prestou depoimento nessa quarta-feira (14) sobre as agressões que o músico teria praticado contra a ex-esposa Pamella Holanda. O homem aparece em um dos vídeos publicados por Pamella nas redes sociais e, de acordo com as imagens, ele presenciou a violência, mas não interferiu na situação.

O homem disse que ficou "abismado com a situação que estava passando": "Eu travei, eu fiquei parado sem acreditar no que estava vendo. Eu fiquei sem saber o que fazer”, contou. Ele também disse, ao sair da delegacia, que é "braço direito" do DJ.

O funcionário também disse não saber o que teria motivado a briga que aparece nas imagens: "Eu não sei informar porque eu não estava [...] Eu estava dentro do estúdio, que eu sempre estava no estúdio. Inclusive eu estava dormindo quando começou aquela confusão. Eu simplesmente acordei e, quando eu cheguei, não acreditei no que estava acontecendo".

DJ Ivis é preso em Fortaleza

O homem afirmou que já havia presenciado outras brigas do casal e chegou a chamar a polícia. "A polícia veio e nunca resolveu nada. Quando vinha ou ele ou ela mandava voltar porque não queria, porque não era assunto de polícia, era briga de casal. Entre eles dois", disse ele.

Segundo Pamella Holanda, a mulher que também aparece em um dos vídeos das agressões é a mãe dela e não interferiu porque teve medo.

*Com informações do G1

Relembre o caso

No último domingo (11), a ex-esposa do DJ Ivis, Pamella Holanda, divulgou vários vídeos nas redes sociais em que mostram agressões do músico contra ela. Algumas das imagens mostram as agressões em frente a filha do casal, de 9 meses de idade. Desde então, o caso viralizou na internet.

Após a publicação dos vídeos, Ivis se pronunciou e tentou se justificar no Instagram. Ele disse que as imagens publicadas pela ex estavam cortados e fora de contexto. Ele compartilhou também um print de um boletim de ocorrência prestado contra a mulher, porque ela não aceitava o fim do relacionamento e "por inúmeras vezes" havia ameaçado se matar ou desaparecer com a filha deles.

O DJ foi preso na tarde dessa quarta-feira (14). O Governador do Ceará, Camilo Santana, falou através das redes sociais sobre a prisão do músico. “Acabo de ser informado pelo nosso secretário de Segurança da prisão do DJ Ivis, no caso das agressões a Pamella Holanda. A prisão preventiva havia sido solicitada ontem pela nossa Polícia Civil e decretada há pouco pela Justiça. Que responda pelo crime cometido”.

Mais Lidas