Paralisação

Greve dos caminhoneiros: confira situação das rodovias brasileiras

Categoria prevê possível nova paralisação para esta segunda (1º)

Marília Pessoa
Marília Pessoa
Publicado em 01/11/2021 às 8:33
Notícia
Thomaz Silva/Agência Brasil
Caminhoneiros - FOTO: Thomaz Silva/Agência Brasil
Leitura:

Os caminhoneiros preveem uma nova paralisação para esta segunda-feira (1º) fechando as rodovias brasileiras devido à insatisfação com os preços dos combustíveis. A greve pode ocorrer mesmo após o governo federal ter conseguido 29 "interditos proibitórios", que garantem o impedimento de ações iminentes que ameaçam a posse de rodovias.

..

Alguns grupos mantiveram apoio à greve mesmo após o decreto federal, como a Associação Brasileira dos Condutores de Veículos Automotores (Abrava), a Confederação Nacional dos Trabalhadores em Transportes e Logística (CNTTL), o Conselho Nacional do Transporte Rodoviário de Cargas (CNTRC) e o Sindicato dos Transportadores Rodoviários Autônomos de Bens da Baixada Santista e Vale do Ribeira (Sindicam).

Vai ter greve dos caminhoneiros na segunda (1º)? Veja o que se sabe

De acordo com o JC, a agenda do categoria contém 14 itens, que incluem a constitucionalidade do piso mínimo de frete; uma nova política de preços da Petrobras; aposentadoria especial e maior fiscalização nas rodovias.

Não há registro de rodovias federais interditadas ou bloqueadas pela categoria até o momento. Segundo o Ministério da Infraestrutura, a entrada do Porto de Santos, em São Paulo, que antes estava ocupada pelos manifestantes, agora está liberada.

Pernambuco

Pernambuco foi um dos estados em que o pedido do governo federal de interdito probitório não foi acatado pela Justiça Federal. Até o momento, as rodovias seguem liberadas. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) ainda não falou sobre possíveis bloqueios.

*Com informações do JC

Comentários

Mais Lidas