pandemia

Veja o que muda com as novas flexibilizações em Pernambuco; algumas obrigatoriedades seguem valendo

Estado alcançou marca de 66% da população com o esquema vacinal completo.

Gabriela Luna
Gabriela Luna
Publicado em 12/11/2021 às 8:43
Notícia
HEUDES REGIS/SEI
Secretários anunciaram novas flexibilizações durante coletiva de imprensa - FOTO: HEUDES REGIS/SEI
Leitura:

O Governo de Pernambuco anunciou, nessa quinta-feira (11), mais flexibilizações no Plano de Convivência com a Covid-19. As novas regras passam a valer em todo o território estadual a partir desta segunda-feira (15).

> Governo de Pernambuco libera que escolas funcionem sem distanciamento mínimo nas salas de aula

..

Entre os anúncios feitos, estão a ampliação de torcida nos estádios e o fim do distanciamento entre bancas escolares e da obrigatoriedade da aferição de temperatura nas entradas dos estabelecimentos em geral.

Segundo o governo, avanços como esse só são possíveis porque, além de avançar na imunização contra Covid-19, Pernambuco permanece com estabilidade nos indicadores da pandemia.

Pernambuco amplia público em estádios e libera cruzeiros; confira novas medidas de flexibilização

"Há exatamente um ano, tínhamos mais de 600 pacientes ocupando leitos de UTI. Hoje são menos de 400. Isso não é obra do acaso. É fundamentalmente o impacto da vacinação no braço das pessoas. Por isso, o cenário atual permite novas progressões no plano de convivência.", frisou o secretário Estadual de Saúde, André Longo.

Fim do distanciamento obrigatório nas salas de aula

O distanciamento mínimo de um metro entre os estudantes nas salas de aulas não será mais necessário nas escolas públicas e privadas de Pernambuco. Com isso, as unidades de ensino não precisam mais adotar rodízios de turmas, uma vez que poderão funcionar com a capacidade que tinham antes das restrições provocadas pela pandemia.

Outra mudança é a diminuição do tempo de afastamento do estudante ou do profissional de educação que adoecer de Covid-19. Antes a pessoa tinha que ficar 14 dias sem ir presencialmente para a escola. Agora serão 10 dias. A obrigatoriedade do uso de máscaras no ambiente escolar continua valendo.

Público maior nos estádios

O governo estadual autorizou a ampliação de torcida nos estádios de futebol para até 50% da capacidade do local. O secretário de Turismo e Lazer lembrou que o controle vacinal para a entrada nos espaços continua obrigatório.

"A partir de 300 pessoas, o público deve estar 90% vacinado com duas doses ou vacina de dose única e 10% com 1ª dose e teste rápido de antígeno negativo realizado 24 horas, no período que antecede o evento, ou teste RT-PCR negativo realizado até 48 horas antes do evento", disse Rodrigo Novaes.

Comentários

Mais Lidas