Imunização

Bolsonaro diz que não pretende vacinar a filha de 11 anos contra covid-19

Aplicação da vacina da Pfizer em crianças já foi aprovada pela Anvisa

Marília Pessoa
Marília Pessoa
Publicado em 28/12/2021 às 6:34
Notícia
Reprodução/Correio 24h
Jair Bolsonaro diz que não pretende vacinar a filha Laura - FOTO: Reprodução/Correio 24h
Leitura:

O presidente Jair Bolsonaro (PL) disse, nessa segunda-feira (27), que não pretende vacinar a sua filha, Laura, contra covid-19. "Espero que não haja interferência do Judiciário. Espero. Porque minha filha não vai se vacinar. Deixar bem claro. Tem 11 anos de idade", disse ele ao chegar em São Francisco do Sul, Santa Catarina, onde foi passar o réveillon.

..

"A questão da vacina para criança é muito incipiente ainda. Temos muito…Nós, não. O mundo ainda tem muita dúvida", afirmou.

Aprovação da Anvisa

No dia 16 de dezembro, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou a aplicação da vacina da Pfizer em crianças de 5 a 11 anos, mas o governo federal está realizando uma consulta pública para decidir se autorizará ou não a aplicação do imunizante para esse grupo. A decisão deve ser divulgada em 5 de janeiro de 2022.

Através de nota, a Associação Médica Brasileira (AMB) disse ser a favor da vacinação contra a Covid-19 para crianças nessa faixa etária. De acordo com a associação, mais de 7 milhões de crianças já foram vacinadas contra a doença utilizando o imunizante da Pfizer nos Estados Unidos.

*Com informações do G1 Santa Catarina

Comentários

Mais Lidas