novas medidas

Pernambuco anuncia proibição todo tipo de festas e eventos durante o período do Carnaval em 2022

A decisão revogou o que havia sido divulgado pelo governo estadual anteriormente, que apenas reduzia a capacidade de pessoas nos eventos

Eduarda Cabral
Eduarda Cabral
Publicado em 09/02/2022 às 6:35
Notícia
Aluisio Moreira/SEI
André Longo, secretário de Saúde do Governo de Pernambuco - FOTO: Aluisio Moreira/SEI
Leitura:

Durante uma coletiva de imprensa realizada pelo Governo de Pernambuco na última segunda-feira (8), um dia após o anúncio de novas medidas de contenção à Covid-19 no Estado, o secretário de Saúde de Pernambuco, André Longo, informou que o governo estadual decidiu proibir todo tipo de festas e eventos durante o período do Carnaval de 2022, entre os dias 25 de fevereiro a 1º de março.

O que significa a suspensão do ponto facultativo do Carnaval em Pernambuco? Entenda a medida

..

A medida revoga o que tinha sido divulgado pelo governo na segunda-feira (7), que afirmava que, mediante o cumprimento de protocolos, a capacidade máxima em eventos seria de 500 pessoas em locais abertos e 300 em locais fechados. Permanece obrigatória a comprovação de vacinação para entrada em locais como restaurantes, cinemas, teatros, circos e jogos de futebol.

"Nosso objetivo é desestimular situações que possam gerar aumento da contaminação e aglomerações. Iremos nos reunir com os prefeitos dos principais polos pra reiterar a importância de as gestões municipais também adotarem medidas próprias para conter aglomeração e ampliar a fiscalização nos espaços públicos e privados", disse André Longo.

Com suspensão do ponto facultativo, vai ter aula nas escolas de Pernambuco durante o Carnaval 2022? Entenda

O secretário ainda lamentou o cancelamento das celebrações de Carnaval em mais um ano. "É uma festa que está na alma e no coração dos pernambucanos. Mas nosso compromisso precisa ser, neste momento, prioritariamente com a vida e a saúde das pessoas", destacou.

Ponto facultativo

Na coletiva de imprensa, André Longo reforçou a respeito do cancelamento do ponto facultativo nos órgãos públicos estaduais nos dias de Carnaval. A decisão faz parte do um pacote de medidas adotadas pelo governo estadual para combater o avanço da Covid-19, em especial da variante ômicron, que tem provocado aumento dos casos de contaminação e internações em Pernambuco. 

Comentários


Mais Lidas