SAÚDE

NOROVÍRUS: Virologistas alertam para aumento de casos positivos no Nordeste; Saiba os sintomas

Amostras analisadas pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) indicam quase 43% de resultados positivos

Anderson Alves
Anderson Alves
Publicado em 05/05/2022 às 13:02 | Atualizado em 05/05/2022 às 14:00
Notícia
CDC/Unsplash
Vírus tem alta capacidade infecciosa e pode causar diarreia. - FOTO: CDC/Unsplash
Leitura:

Uma análise realizada pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) apontou um aumento no numero de casos positivos de norovírus na capital baiana, Salvador. O norovírus é uma espécie de vírus resistente e com alta capacidade de infecção.

..

Entre o final de abril e esta primeira semana do mês de maio, as 35 amostras analisadas apontaram 15 resultados positivos, uma prevalência de quase 43%. 

SECRETARIA MUNICIPAL DESCARTA SURTO

Segundo a Secretaria de Saúde do município de Salvador, é real o aumento na demanda por atendimentos nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e gripários da capital baiana, mas a hipótese de surto de virose causada pelo norovírus está descartada.

Como acontece a infecção por norovírus?

A infecção por norovírus acontece a partir da ingestão de água e alimentos contaminados ou através do contato entre pessoas infectadas. Os sintomas surgem de 24h a 48h após a infecção. A transmissão para outra pessoa pode acontecer até dois dias após o desaparecimento dos sintomas.

Quais os sintomas do norovírus?

..

Shutterstock
Nordeste tem aumento de casos positivos de Norovírus. Diarreia está entre os sintomas da doença. - Shutterstock

De acordo com especialistas, os sintomas podem persistir de um a três dias.

O norovírus pode provocar:

  • Diarreia;
  • Vômitos;
  • Febre alta;
  • Dores no corpo e no estômago.

Como se prevenir contra o norovírus?

Segundo virologistas, os moradores de regiões com casos positivos para a doença devem adotar alguns cuidados básicos para evitar ser infectados. São eles:

  • Evitar contato com pessoas que estejam com sintomas de vômito ou diarreia;
  • Lavar as mãos;
  • Higienizar com água sanitária o local atingido pelo vômito;
  • Usar máscara ao cuidar de pessoas contaminadas;
  • Evitar ter contato com a saliva de indivíduos infectados.

Comentários

Mais Lidas