eleições

TÍTULO DE ELEITOR: eleitor pode ficar sem votar mesmo dentro do prazo do TSE; entenda

Prazo para regularização com a Justiça Eleitoral encerrou nessa quarta-feira (4)

Gabriela Luna
Gabriela Luna
Publicado em 06/05/2022 às 7:56
Notícia
ANTONIO AUGUSTO/TSE
ACOMPANHAMENTO Brasil deve receber 100 observadores internacionais - FOTO: ANTONIO AUGUSTO/TSE
Leitura:

O prazo final para emitir, transferir ou regularizar o título de eleitor se encerrou nessa quarta-feira (4). A partir de agora não será possível realizar nenhuma operação relacionada ao documento.

Em decisão nesta terça-feira (3), o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Edson Fachin, definiu não ser possível prorrogar o prazo para as solicitações referentes ao cadastro eleitoral.

..

Para os eleitores inscritos no prazo, é necessário acompanhar o status do cadastro na Justiça Eleitoral. Se alguma pendência for identificada, só será possível reenviar a documentação após o dia 8 de novembro, quando acabar o trâmite eleitoral.

Caso o procedimento for a emissão do primeiro título e a solicitação for recusada após o dia 4 de maio, não será possível tirar o documento e votar nas eleições de outubro.

VOTO EM TRÂNSITO

Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ainda há alternativas para quem estiver com a situação regularizada e quiser votar em um município diferente do cadastrado na Justiça.

Para quem estiver fora do domicílio eleitoral e quiser votar, poderá recorrer ao TSE para solicitar o "voto em trânsito". Os eleitores poderão indicar, entre os dias 12 de julho e 18 de agosto, o município onde estarão na data marcada para o 1º turno: 12 de outubro de 2022. O processo será feito pelo mesmo site usado para a regularização do título, o TítuloNet.

 

Comentários

Mais Lidas