auxílio emergencial

AUXÍLIO EMERGENCIAL R$ 2,5 MIL: Quem recebe o benefício nesta QUINTA-FEIRA (16)? Veja se você tem direito

O Auxílio Emergencial de R$ 2,5 mil foi liberado nesta semana

Bruna Oliveira
Bruna Oliveira
Publicado em 15/06/2022 às 20:11
MARCOS SANTOS/USP IMAGENS
O Auxílio Emergencial de R$ 2,5 mil foi liberado nesta semana - FOTO: MARCOS SANTOS/USP IMAGENS
Leitura:

O Auxílio Emergencial de R$ 2,5 mil foi liberado para algumas pessoas neste mês de junho.

O pagamento teve início nessa quarta-feira (15) e vai seguir nesta quinta (16) e nos próximos dias.

Veja abaixo quem tem direito e como fazer para receber o Auxílio Emergencial de R$ 2,5 mil.

AUXÍLIO EMERGENCIAL R$ 2,5 MIL

O Auxílio Emergencial de R$ 2,5 mil foi liberado neste mês de junho para as pessoas que foram vítimas severas das fortes chuvas no Recife, que atingiram a capital pernambucana no fim de maio e início deste mês.

O pagamento é a soma do valor disponibilizado pela prefeitura da capital pernambucana, de R$ 1 mil, mais os R$ 1,5 mil liberados pelo Governo de Pernambuco.

..

QUEM TEM DIREITO A RECEBER AUXÍLIO EMERGENCIAL R$ 2,5 MIL

Podem  receber o Auxílio Emergencial de R$ 2,5 mil famílias que foram prejudicadas com as fortes chuvas e tenham cadastro no CadÚnico.

Caso não possua cadastro, a família, que possua renda mensal de até três salários mínimos, deve fazer o seu.

Até agora, são 2.300 famílias estão cadastradas para receber R$ 2,5 mil.

COMO FAZER PARA RECEBER AUXÍLIO EMERGENCIAL R$ 2,5 MIL?

As famílias serão selecionadas pela prefeitura do Recife para receber o Auxílio Emergencial de R$ 2,5 mil.

Quem for contemplado, vai ser avisado pelo WhatsApp oficial da gestão municipal, de número (81) 99117.140, quando o valor for depositado.

Para ter acesso ao pagamento, é preciso baixar o aplicativo da Carteira BB, do Banco do Brasil e seguir as instruções de cadastro de dados pessoais do Representante Familiar que está cadastrado no CadÚnico e informar uma senha.

Para finalizar o processo, o usuário precisa estar próximo a um caixa eletrônico do banco e realizar o saque do benefício.

Caso o beneficiário não possua celular, ele deve procurar um dos Centros de Referência Especializados de Assistência Social (Creas) ou Centros de Referência da Assistência Social (Cras) para receber uma ordem bancária. Junto a ela, deve levar o CPF e realizar o saque na boca do caixa.

Com informações do JC

 

Mais Lidas