Crea

Rio Ipojuca passará por vistoria nesta segunda e terça

Blitz do Crea irá coletar amostras da água para análise físico-química

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 04/11/2019 às 15:22
NOTÍCIA
Reprodução/TV Jornal Interior
FOTO: Reprodução/TV Jornal Interior
Leitura:

Conhecido como um dos mais poluídos do Brasil, o Rio Ipojuca, que nasce na Serra das Porteiras, em Arcoverde, Sertão pernambucano, e passa por várias cidades do Agreste, será vistoriado nesta segunda-feira (4) e na terça (5). A ação faz parte do projeto Blitz do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Pernambuco (Crea), que tem como objetivo percorrer espaços públicos do estado para identificar riscos à população e sugerir melhorias aos órgãos competentes.

O grupo de 15 técnicos, formado pelo presidente do Crea, Evandro Alencar, conselheiros, inspetores, fiscais e profissionais voluntários das Engenharias de Minas, Agronomia, Pesca, Florestal, Química e Civil irá percorrer os cerca de 320 quilômetros de extensão do curso d’água, começando de Arcoverde e depois seguindo para Caruaru, Gravatá e Ipojuca.

Os ténicos irão coletar amostras da água para análise físico-química que apontará a presença e os níveis de Demanda Bioquímica de Oxigênio (DBO), Demanda Química de Oxigênio ou Carência Química de Oxigénio (Dqo), sólidos suspensos, diluídos e totais, óleos graxos, dureza e túrbidos.

O procedimento também apontará questões relativas às condições de sustentabilidade. Será possível ainda verificar se o rio apresenta sinais de contaminação pelas manchas de petróleo que atingiram centenas de praias do Nordeste e o estuário do Rio Ipojuca, em Suape.

Outros aspectos a serem verificados são: condições da mata ciliar, descarte de resíduos sólidos e dejetos, além de corte de manguezais, poluição por esgoto e indústrias, pesca e cultivo ilegais, preservação da nascente, uso da água do curso para irrigação, uso de agrotóxicos e fertilizantes, existência de cativeiros e desmatamentos, entre outros.

Ao final, será produzido um relatório com informações sobre todos os itens verificados pelos técnicos do Crea, que será entregue às autoridades competentes. O documento terá ainda sugestões de intervenções de mitigação dos problemas apontados.

Mais Lidas