Coronavírus

Fechamento do comércio é prorrogado até o fim de abril em Pernambuco

Medida segue orientações de isolamento social por causa do coronavírus

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 17/04/2020 às 15:27
NOTÍCIA
Felipe Ribeiro/JC Imagem
FOTO: Felipe Ribeiro/JC Imagem
Leitura:

O governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB) anunciou nesta sexta-feira (17) a prorrogação do fechamento do comércio e de outras atividades não classificadas como essenciais durante a pandemia do novo coronavírus. A nova medida é válida até o dia 30 de abril. De acordo com o governo, a prorrogação segue as orientações de isolamento social da Secretaria Estadual de Saúde (SES), em consonância com as diretrizes da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Os serviços relacionados à alimentação, como supermercados, mercadinhos, padarias, casas de ração animal, farmácias, depósitos de água minetal e gás continuam abertos, assim como hospitais e serviços de abastecimento de água, gás, energia e internet.

Também podem continuar funcionando oficinas mecânicas, lojas de assistência técnica, lojas de defensivo e insumos agrícolas, bancos e serviços financeiros, lavanderias, serviços urgentes de manutenção predial e prevenção de incêndio, atividades decorrentes de contratos de obras particulares relacionados à situação de emergência e atividades prestadas por concessionários de serviços públicos.

Mais de 2 mil casos em Pernambuco

O número de pessoas infectadas pelo novo coronavírus (covid-19) subiu para 2.006 em Pernambuco, de acordo com balanço divulgado nesta sexta-feira (17) pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE).

Segundo o boletim epidemiológico, foram 323 novos casos confirmados da quinta para a sexta, novo recorde diário. Também houve a confirmação laboratorial de 26 novas mortes. Agora, o Estado totaliza 186 óbitos pela covid-19.

Mais Lidas