Economia

Pernambuco reabre comércio e indústria nesta terça-feira, revela Blog de Jamildo

Plano com cinco fases será apresentado ainda nesta segunda pelo governo

Equipe NE10 Interior
Equipe NE10 Interior
Publicado em 01/06/2020 às 12:35
NOTÍCIA
Wellington Lima/JC Imagem
FOTO: Wellington Lima/JC Imagem
Leitura:

O Governo de Pernambuco irá apresentar nesta segunda-feira (1º) um plano de reabertura das atividades econômicas, intitulado Plano de Convivência com a Covid-19, após o período de isolamento social rígido devido à pandemia do novo coronavírus (covid-19).

Veja como será a reabertura das atividades econômicas em Pernambuco

De acordo com informações do Blog de Jamildo, o plano terá cinco fases e deve se estender até o dia 31 de agosto, com reavaliações periódicas.

> Governo de Pernambuco divulga plano sobre reabertura da economia; veja

Pernambuco confirma 450 novos casos da covid-19 nesta segunda

Taxa de contágio do coronavírus abaixo de 1 sugere estabilização da doença em Pernambuco

Segundo a apuração do blog, o comércio e o setor de serviços serão autorizados a funcionar a partir desta terça-feira (2), mas terão que operar, inicialmente, com 50% da capacidade. Ou seja, estabelecimentos com capacidade para atender 20 pessoas, por exemplo, só poderão atender 10.

Além disto, para voltar a funcionar, as empresas deverão cumprir regras como distanciamento, fornecimento de material de higiene aos clientes, entre outras medidas.

A indústria, por outro lado, será autorizada a funcionar em sua totalidade, considerando que a atividade oferece menor risco de contágio.

O setor de transporte público, que atualmente opera com 50% da capacidade, poderá funcionar com 75% para atender o aumento na demanda.

Confira:

Fim da quarentena mais rígida

O período da quarentena mais rígida em cinco cidades da Região Metropolitana do Recife (RMR) terminou no último fim de semana. No domingo (31), o governo publicou um decreto no qual reforçava a continuação da obrigatoriedade do uso de máscaras de proteção e a manutenção de algumas proibições.

Com o fim da quarentena, não haverá mais rodízio de veículos nas cidades da RMR, nem bloqueios de fiscalização. Segundo o decreto, as aulas presenciais continuam suspensas até 30 de junho. Também não podem ser realizados eventos com público e aglomerações de mais de dez pessoas.

Petrolina já retomou algumas atividades

A cidade de Petrolina, no Sertão, foi a primeira no Estado a autorizar a reabertura das atividades. A partir desta segunda-feira (1º) estão autorizadas atividades e serviços com 50% da capacidade. Fazem parte desse grupo o comércio, shopping, serviços públicos, parques públicos e templos religiosos. Além disso, os ônibus serão liberado em 75% de ocupação. Agricultura, indústria, mototáxis, táxis, transporte por aplicativo e serviços essenciais podem funcionar na capacidade total. Demais atividades continuam sem funcionar.

Números sugerem estabilização

Levantamentos do Instituto para Redução de Riscos e Desastres de Pernambuco (IRRD), da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), e da Escola de Higiene e Medicina Tropical da Universidade de Londres apontam para a estabilização do coronavírus (covid-19) em Pernambuco.

Essas análises se baseiam na taxa de contágio no Estado, que está abaixo de 1 (0,9), o que revela que menos pessoas estão infectadas e que o número dos doentes está retrocedendo. O cálculo considera variáveis como o número de casos confirmados diariamente, o volume de pacientes recuperados e os casos que estão em tratamento.

Boletim epidemiológico

A Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco confirmou nesta segunda-feira (1º) 450 novos casos de infecções pelo novo coronavírus. Destes, 199 se enquadram como Síndrome Respiratória Aguda Grave e 251 como casos leves. No total, o Estado tem 34.900 casos confirmados (14.535 graves e 20.365 leves). Nesta segunda, foram confirmadas ainda 68 mortes pela covid-19. Pernambuco agora tem, portanto, 2.875 mortes pela doença.

Mais Lidas