Coronavírus

Quarentena mais rígida deve encerrar neste domingo em Caruaru e Bezerros

Prazo de dez dias previsto no decreto vai até domingo (5)

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 04/07/2020 às 10:17
NOTÍCIA
Nayara Vila Nova/TV Jornal Interior
FOTO: Nayara Vila Nova/TV Jornal Interior
Leitura:

O prazo do decreto da quarentena mais rígida que ocorre em Caruaru e Bezerros, no Agreste de Pernambuco, encerra neste domingo (5). A quarentena começou no dia 26 de junho e tem duração total de 10 dias. Com o fim do prazo, os municípios aguardam posicionamento do Governo do Estado, que deve avaliar os resultados das medidas adotadas para tomar novas decisões.

O decreto nº 49.133, de 23 de junho de 2020, determinou que apenas os serviços considerados essenciais, supermercados, padarias, lojas de conveniência, feiras livres, farmácias, postos de gasolina, serviços de abastecimento de água e gás, médicos, clínicas, hospitais, laboratórios, bancos, lotéricas, entre outros, funcionassem nos dois municípios durante o período.

> Saiba quais atividades econômicas podem funcionar na sua cidade

Pesquisador vê maior aceleração da covid-19 em cidades do interior sem quarentena

Algumas atividades que já tinham sido liberadas para funcionar, como lojas de tecido e aviamentos, óticas e o comércio atacadista tiveram que recuar para apenas coleta ou delivery. A construção civil foi autorizada a funcionar com 50% da capacidade.

A justificativa para endurecer as medidas em Caruaru e Bezerros foi que as duas cidades foram responsáveis por 71% dos casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag) na semana anterior à do anúncio da quarentena.

Fiscalização

Durante os 10 dias, houve reforço na fiscalização dos estabelecimentos abertos e nos que não estavam autorizados a funcionar. A Operação Quarentena, realizada pela Secretaria de Defesa Social (SDS), lançou diariamente 274 policiais militares, 64 policiais civis e 30 bombeiros militares para atuar nos municípios.

Além de Caruaru e Bezerros, outras cidades do Agreste poderão ter quarentena

Um dos dias que mais se destacou da quarentena foi a segunda-feira (29/06), tradicionalmente dia de Feira da Sulanca em Caruaru. Nas semanas anteriores, houve grande movimentação de vendedores e compradores na cidade. Com o reforço na fiscalização, o comércio irregular caiu, mas os compradores migraram para Santa Cruz do Capibaribe, onde a feira também é na segunda. Apesar de não haver quarentena rígida em Santa Cruz, a feira também não está autorizada a funcionar na cidade.

De acordo com a Prefeitura de Caruaru, nos primeiros seis dias de quarentena (26 de junho a 1º de julho), o isolamento social médio ficou em 43,07% no município. Em Bezerros, apesar da quarentena, havia muita gente nas ruas, principalmente para receber atendimento em agências bancárias e lotéricas.

Volta das atividades econômicas

Caruaru e Bezerros seguem no grupo de cidades que estão na segunda etapa do plano de reabertura das atividades econômicas. Enquanto isso, as cidades das regionais de Saúde do Recife, Limoeiro e Goiana avançam para a quinta etapa do plano, com grande parte das atividades já reabertas. Veja o que está autorizado a funcionar em cada município pernambucano.

Mais Lidas