benefício

Auxílio emergencial volta a ser pago em março, diz Bolsonaro

O benefício será pago em quatro parcelas de acordo com o presidente

NE10 Interior NE10 Interior
NE10 Interior
NE10 Interior
Publicado em 11/02/2021 às 15:45
NOTÍCIA
José Cruz/Agência Brasil
FOTO: José Cruz/Agência Brasil
Leitura:

O presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), anunciou nesta quinta-feira (11) que o auxílio emergencial voltará a ser pago em março de 2021 em três ou quatro parcelas. Bolsonaro fez a declaração durante visita ao Maranhão, que é o Estado com mais pessoas que receberam o benefício.

Extensão do Auxílio Emergencial deve ser inferior a R$ 300

Projeto de Lei quer prorrogar Auxílio Emergencial de R$ 600 até junho e de R$ 300 até dezembro de 2021

“Não sabemos o valor. Quase com toda a certeza, a partir de março, em três a quatro meses. Isso está sendo acertado entre o Executivo e o Parlamento, porque há a questão da responsabilidade fiscal”, disse.

A equipe econômica do governo sugere que o valor do auxílio emergencial em 2021 deve ser de 200 reais, mas o Congresso pede para que o valor seja ainda menor.

Novo Auxílio Emergencial pode deixar de fora beneficiários do Bolsa Família; entenda

Governo estuda benefício de R$ 200 para compensar fim do auxílio emergencial

Bolsa Família

De acordo com o ministro da Economia, Paulo Guedes, a extensão do auxílio não deverá atender aos beneficiários inscritos no Bolsa Família. A ideia é que sejam atendidos pela prorrogação apenas a parte da população que não é atendida por nenhum programa social.

Segundo o ministro, a extensão do auxílio seria mais “focalizada” e atenderia 32 milhões de brasileiros, pouco menos da metade dos 67,9 milhões de pessoas que receberam o benefício em 2020.

40 milhões de pessoas devem receber novas parcelas

O auxílio emergencial deve continuar a ser pago este ano, mas a menos beneficiários do que em 2020. Ano passado, receberam o benefício 67 milhões de pessoas e, este ano, a ideia é diminuir para 40 milhões de pessoas.

Mais Lidas