internacional

Apresentadora afegã recebe ligação do Talibã durante jornal ao vivo; veja vídeo

A jornalista conversou com o porta-voz do Talibã, Suhail Shaheen.

Eduarda Cabral
Eduarda Cabral
Publicado em 17/08/2021 às 9:15
NOTÍCIA
Reprodução/BBC
FOTO: Reprodução/BBC
Leitura:

A apresentadora Yalda Hakim, da BBC, nasceu no Afeganistão e deixou o país quando ainda era criança para morar na Austrália. Durante a apresentação de um telejornal ao vivo, a jornalista recebeu uma ligação de um dos porta-vozes do Talibã, Suhail Shaheen.

O que está acontecendo no Afeganistão? Entenda situação do país

O grupo extremista ocupou as ruas de Cabul, capital do país, nos últimos dias. Yalda recebeu a ligação no domingo (15), enquanto apresentava o jornal. Após atender a chamada, ela aproximou o telefone aos microfones para iniciar uma entrevista.

Shaheen celebrava vitória ao telefone enquanto o Taleban recapturava a capital afegã, Cabul, após 20 anos no exílio. "Não queremos confusão. Garantimos ao povo do Afeganistão na cidade de Cabul que suas propriedades e suas vidas estão seguras", disse Shaheen ao ser questionado pela apresentadora.

Com chegada do Talibã, pessoas se penduram em aviões no aeroporto para fugir do Afeganistão; veja vídeo

"Nossa liderança instruiu nossas forças a permanecer no portão de Cabul, não a entrar na cidade. Estamos aguardando uma transferência pacífica de poder", concluiu o porta-voz na sequência.

 

O que está acontecendo no Afeganistão?

A população do Afeganistão está tentando deixar o país depois que o Talibã tomou a capital Cabul e voltou ao poder após 20 anos. No domingo (15), o presidente fugiu do Afeganistão e o palácio presidencial foi tomado pelos talibãs,

Os Estados Unidos atacaram o Afeganistão em 2001, depois do atentado às Torres Gêmeas no 11 de setembro. Os americanos invadiram o país e derrubaram o Talibã do poder. 

Os americanos acusaram o Talibã de financiar e esconder membros da Al-Qaeda, grupo terrorista comandado por Osama bin Laden e responsável pelo atentado. Em fevereiro de 2020, Donald Trump assinou um acordo de paz com o Talibã para a retirada total das tropas americanas do Afeganistão em abril deste ano. 

O atual presidente, Joe Biden, manteve a decisão mas adiou a saída do país para o fim deste mês. Com isso, o Talibã rapidamente retomou o poder. 

Mais Lidas