cenário epidemiológico

Vai ter Carnaval em Pernambuco em 2022? Veja o que dizem as cidades polo sobre a festa

Diante das incertezas sanitárias por causa da pandemia da Covid-19, muitos municípios têm avaliado o cenário para realizar as festas no próximo ano.

Eduarda Cabral
Eduarda Cabral
Publicado em 24/11/2021 às 11:33
Notícia
BOBBY FABISAK/JC IMAGEM
22-2-2020 = CARNAVAL - Bloco Galo Madrugada percorre as ruas do Centro do Recife-PE. - FOTO: BOBBY FABISAK/JC IMAGEM
Leitura:

Com a estabilidade de casos de Covid-19 registrados no Brasil, foliões estão na expectativa para brincar o Carnaval em 2022, que neste ano teve as festividades suspensas no país em virtude da pandemia. No entanto, autoridades de saúde alertam para os riscos de uma nova onda de contaminação. Em Pernambuco, o Governo do Estado e as prefeituras de cidades polo discutem a possibilidade de realização das tradicionais festas e comemorações. 

Diretora da OMS diz que mundo está entrando em quarta onda de covid-19

..

Em cidades consideradas polo da folia em Pernambuco, o cenário epidemiológico é observado e monitorado pelas autoridades de saúde. Diversos municípios têm se reunido e discutido junto às secretarias de Cultura e Turismo a respeito do Carnaval em 2022. Saiba o que foi decidido até agora:

Recife

A Prefeitura do Recife informou que a decisão ficará a cargo das autoridades sanitárias por causa da pandemia de Covid-19. "O Recife entende que apenas com a superação da pandemia será possível assegurar o evento, com as características deste ciclo cultural da capital pernambucana", disse a prefeitura por meio de nota.

Olinda

Em Olinda, um dos grandes polos do Carnaval pernambucano, a prefeitura decidiu que vai seguir recomendações do Ministério da Saúde e da Secretaria de Saúde de Pernambuco.

Pesqueira

A Prefeitura de Pesqueira informou que está seguindo o posicionamento definido pelo Governo de Pernambuco quanto às regras de realização dos eventos. A assessoria de imprensa da Secretaria de Cultura e Turismo informou que vários eventos privados têm solicitado permissão para realizar festas. No entanto, diante das incertezas da situação sanitária, podem haver novas medidas caso seja necessário. "O que temos feito e se planejado considerando as duas possibilidades, de haver o carnaval de rua, e de não haver também", disse a prefeitura.

Bezerros 

Ao NE10 Interior, a assessoria de imprensa da Prefeitura de Bezerros informou que durante esta semana os representantes municipais têm discutido sobre a realização do Carnaval em 2022. A prefeitura informou ainda que o secretário de Cultura tem se reunido com as equipes para debater sobre a realização da festa.

Caruaru

Nos últimos anos, Caruaru, conhecida como 'Capital do Forró', também se destaca pela realização das prévias carnavalescas, como a da Confraria da Sucata, que é uma das mais conhecidas. Em resposta ao NE10 Interior, a assessoria da Secretaria de Cultura informou que, até o momento, não há posicionamento da gestão municipal sobre a realização das festas em 2022.

O que diz o Governo de Pernambuco sobre o Carnaval em 2022?

Em coletiva de imprensa, realizada no último dia 19 de novembro, o Governo de Pernambuco divulgou que ainda não há definição a respeito do Carnaval 2022. O secretário de Saúde, André Longo, destacou que, apesar do avanço da vacinação, o vírus continua em circulação em todo o território brasileiro.

> 'Terceira dose não tem nada a ver com o Carnaval', afirma médico da Sociedade Brasileira de Imunizações

Segundo o secretário, a realização ou não da folia está em debate no comitê. "Estamos discutindo cenários para esses eventos, mas é certo que neste momento ainda é cedo para tomarmos decisões acerca desses eventos, especialmente do carnaval, que se realiza de forma concomitante, neste ano [2022], no final de fevereiro, com nosso período de maior sazonalidade de ocorrência de doenças respiratórias", comentou.

O que diz a OMS sobre o Carnaval? 

De acordo com Mariângela Simão, diretora-geral adjunta de acesso a medicamentos e produtos farmacêuticos da Organização Mundial da Saúde (OMS), o mundo está entrando em uma quarta onda da pandemia do coronavírus.

“Estamos vendo a ressurgência de casos de covid-19 na Europa. Tivemos nas últimas 24 horas mais de 440 mil novos casos confirmados. E isso que há subnotificação em vários continentes. O mundo está entrando em uma quarta onda, mas as regiões têm tido um comportamento diferente em relação à pandemia”, declarou.

Apesar do ritmo acelerado na vacinação, a OMS destaca que o Carnaval pode ser um risco para uma nova onda de contaminações de Covid-19. 

Comentários

Mais Lidas