FLAGRANTE

CICLONE YAKECAN: Mar sobe e deixa homem 'ilhado' em praia no RS durante Ciclone Yakecan; Confira imagens do resgate

Pescador estava no mar durante tempestade e não acreditou que as águas fossem subir por causa do Ciclone Yakecan

Anderson Alves
Anderson Alves
Publicado em 18/05/2022 às 12:56 | Atualizado em 18/05/2022 às 13:04
Notícia
Defesa Civil do Rio Grande / Divulgação
Homem ficou preso por cerca de 15 minutos nas pedras - FOTO: Defesa Civil do Rio Grande / Divulgação
Leitura:

Um homem ficou preso em pedras da Praia do Cassino, no Rio Grande do Sul, durante a passagem do Ciclone Yakecan pelo estado.

..

No fim da tarde da terça-feira (17), o Corpo de Bombeiros do Rio Grande do Sul foi acionado para o resgate de um pescador que ficou preso nas pedras que ficam na Praia do Cassino, na Barra de Rio Grande.

Antes do ocorrido, a Defesa Civil do estado já havia notificado a população sobre a possibilidade de fortes ventos na região.

Segundo o Coordenador da Defesa Civil Municipal, Rudimar Machado, o homem não acreditou que as águas fossem subir. “Ele foi de bicicleta, que deixou amarrada em uma pedra, quando começou a subir a maré devido ao vento forte”, disse Machado.

No momento, os ventos sopravam a um velocidade de 97 km/h na praia.

BOMBEIROS RESGATAM DE HOMEM ILHADO NA PRAIA

Ainda segundo a Defesa Civil do município, por volta das 17h, quando as equipes chegaram, o boné do homem caiu no mar e ele tentou pegar. "Eu gritei e ele parou", disse Rudimar.  "O vento diminuiu e ele conseguiu sair sozinho, pisando nas pedras, conforme elas iam aparecendo”, completou o Coordenador da Defesa Civil.

..

Defesa Civil do Rio Grande / Divulgação
Homem ficou preso por cerca de 15 minutos nas pedras - Defesa Civil do Rio Grande / Divulgação

O homem ficou em torno de 15 minutos preso no local enquanto a água subia.

CICLONE YAKECAN

No município onde o flagrante ocorreu, houveram também quedas de árvores e pelo menos três casas foram destelhadas. As famílias foram atendidas e receberam lonas. Ninguém ficou ferido.

As últimas atualizações da Defesa Civil do estado do Rio Grande do Sul afirmam que a agora reclassificada tempestade subtropical segue avançando pelo oceano e no momento se encontra mais afastada do estado.

 Veja IMAGENS DE SATÉLITE do Ciclone YAKECAN

Comentários

Mais Lidas