CONFUSÃO

GUSTTAVO LIMA: prefeita chora após cancelamento do show do sertanejo: 'dor muito grande'

O 'Festival da Banana' aconteceria no fim de semana, e precisou cancelado pelo STJ

Rayane Domingos
Rayane Domingos
Publicado em 06/06/2022 às 15:35 | Atualizado em 06/06/2022 às 15:36
Reprodução/Instagram
Gusttavo Lima virou alvo do Ministério Público do Rio de Janeiro - FOTO: Reprodução/Instagram
Leitura:

Um show de Gusttavo Lima que aconteceria no "Festival da Banana", em Teolândia, interior da Bahia, segue dando o que falar. Após provocação nas redes sociais, a prefeita Rosa Baitinga (PP) chorou no palco por não conseguir assistir a apresentação do sertanejo.

..

A prefeita contratou o show do cantor para satisfazer um sonho pessoal, segundo o Estadão. Após o cancelamento do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ela precisou dispersar a multidão que estava preparada para assistir mais um dia.

"A minha dor é muito grande, vocês não têm ideia. Eu queria estar hoje, de vermelho e preto, arrumada para o Embaixador (Gusttavo Lima)", disse.

"Digo a vocês: o Embaixador veio ali no posto de gasolina, mas ele teve que voltar. E Deus o acompanhe, ilumine sua vida e lhe dê muitos anos de vida, porque o futuro a Deus pertence", finalizou.

Assista o vídeo a partir de 04:55

Entenda a confusão entre Gusttavo e o Ministério Público

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) resolveu suspender após uma nova determinação judicial. O Ministério Público afirmou que a cidade vive uma situação fiscal complicado para um investimento de alto nível.

A prefeitura investiu R$ 2 milhões para organizar a festividade. Este valor foi maior do que foi recebido pelo Governo Federal para reconstruir a cidade após as chuvas, em 2021.

Só o cachê de Gusttavo custava R$ 704 mil, além dos outros artistas que iriam se apresentar. A apresentação causou polêmica na cidade após a declaração de que a prefeita contratou o sertanejo para realizar um sonho.

Reprodução/Instagram
Assistir o show de Gusttavo Lima era o sonho da prefeita de Teolândia, interior da Bahia - FOTO:Reprodução/Instagram

Mais Lidas