menu

Betânia decreta luto oficial após morte de vereador em confronto com a PM

Família e moradores acreditam que ele foi à Paraíba para resgatar o irmão, já que "o sangue fala mais alto"

Vereador Nanaca (PP) está entre os mortos no confronto com a Polícia Militar na Paraíba
Vereador Nanaca (PP) está entre os mortos no confronto com a Polícia Militar na Paraíba (Reprodução/Facebook)

A cidade de Betânia, no Sertão de Pernambuco, amanheceu nessa quarta-feira (3) com bandeiras a meio mastro. A prefeitura do município decretou luto oficial de três dias após a morte do vereador Andson Berigue de Lima, 29 anos, do PP, em um confronto com a Polícia Militar na Paraíba.

Nanaca está entre os oito suspeitos de envolvimento em uma quadrilha especializada em roubo a bancos, mortos durante confronto com a Polícia Militar entre Barra de São Miguel e Riacho de Santo Antônio, na Paraíba, na manhã desta terça-feira (2). Ainda de acordo com a polícia, não há indícios de participação direta do vereador na investida contra a casa lotérica, o mercadinho e o soldado da Polícia Militar André Silva, 32 anos, morto durante troca de tiros após o assalto.

De acordo com a polícia, ele é irmão do suposto líder da quadrilha, José Adson de Lima, conhecido como Galego de Lena. O vereador teria colaborado para a fuga dos suspeitos. Andson Berigue já respondia por porte ilegal de arma de fogo e adulteração de veículos.

Mas para alguns moradores da cidade, o vereador foi ao local apenas para resgatar o irmão. É o que acredita o conselheiro tutelar Cícero Carlos. "A gente sabe que o sangue fala mais alto, a necessidade do irmão de estar lá naquele momento. Todos sabemos que o irmão dele era devedor dos erros dele, mas o vereador não podia fazer nada, que naquele momento viu seu irmão no sufoco", comentou.

Família

A família de Nanaca também estava inconformada com a notícia da morte dele. A sogra, Maria do Socorro, lamenta que a imagem do vereador tenha se sujado após o episódio. "Se eu estivesse aqui, eu tinha feito tudo para ele não ter saído daqui. Para mim, ele foi a vida inteira como se fosse o meu filho. O sentimento meu e da minha filha é grande, acho que eu não vou esquecer nunca", lamentou.

Além da prefeitura, a Câmara de Vereadores também fica fechada durante os dias de luto. O presidente da Câmara de Vereadores é sogro de Andson Berigue, e preferiu não se pronunciar sobre o assunto.

O prefeito, por outro lado, além de decretar luto oficial, divulgou uma nota de pesar nas redes sociais. "Entristeceu toda a cidade, quero também me solidarizar com a família do PM. Nanaca era uma pessoa querida por nós, um parlamentar atuante, trabalhamos juntos, ele era funcionário efetivo da prefeitura. A gente decretou luto pelo parlamentar que representou, e que até então eu não tenho nada que desabone a sua pessoa", explicou Mário Gomes Flôr Filho (PTB).

Betânia decreta luto oficial após morte de vereador em confronto com a PM

TV Jornal Notícias
  • 04/07/2019 09:19
A cidade de Betânia, no Sertão de Pernambuco, amanheceu nessa quarta-feira (3) com bandeiras a meio mastro. A prefeitura do município decretou luto oficial de três dias após a morte do vereador Andson Berigue de Lima, 29 anos, do PP, em um confronto com a Polícia Militar na Paraíba. Nanaca está entre os oito suspeitos de envolvimento em uma quadrilha especializada em roubo a bancos, mortos durante confronto com a Polícia Militar entre Barra de São Miguel e Riacho de Santo Antônio, na Paraíba, na manhã desta terça-feira (2). Ainda de acordo com a polícia, não há indícios de participação direta do vereador na investida contra a casa lotérica, o mercadinho e o soldado da Polícia Militar André Silva, 32 anos, morto durante troca de tiros após o assalto. 2 minutos e 16 segundos