Saúde

Coronavírus: Hospital de campanha com 420 leitos começa a funcionar no Recife

Pacientes serão encaminhados pela Central de Regulação de Leitos

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 22/04/2020 às 12:41
NOTÍCIA
Divulgação/Prefeitura do Recife
FOTO: Divulgação/Prefeitura do Recife
Leitura:

O Hospital Provisório Recife 2, localizado no bairro dos Coelhos, na área central do Recife, começa a funcionar nesta quarta-feira (22) para atender os pacientes confirmados de coronavírus ou casos suspeitos que precisam de suporte médico (Síndrome Respiratória Aguda Grave - Srag). O hospital de campanha tem mais de 8.000 m² de área construída e um total de 420 leitos, sendo 100 de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 320 de enfermaria.

Inicialmente, 20 leitos de UTI e 30 leitos de enfermaria receberão pacientes. A liberação será feita de forma gradual até atingir o pleno funcionamento. O hospital aguarda apenas uma parte dos respiradores pulmonares já adquiridos ser entregue pelos fornecedores. A unidade atenderá pacientes encaminhados pela Central de Regulação de Leitos, contribuindo para desafogar a rede de leitos do Estado durante a pandemia.

A unidade foi erguida em 27 dias em antigos galpões na Rua Largo dos Coelhos. O hospital é administrado pela Fundação Martiniano Fernandes, ligada ao Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira (Imip). Entre os equipamentos instalados estão respiradores pulmonares, raio-x, camas hospitalares, monitores de sinais vitais, desfibriladores cardíacos, entre outros.

Covid-19: Pernambuco chega a 99% de ocupação nos leitos de UTI

Plano de Contingência

O Plano de Contingência Covid-19 da Prefeitura do Recife prevê sete hospitais de campanha municipais, com cerca de 1.200 leitos, para pacientes infectados pelo novo coronavírus. Destes, 400 são leitos de UTI com respirador e cerca de 800, de enfermaria. Além do Hospital Provisório Recife 2, já estão em funcionamento hospitais de campanha na área externa das Policlínicas Amaury Coutinho, na Campina do Barreto; Barros Lima, em Casa Amarela; e Arnaldo Marques, no Ibura; além do Hospital Provisório Recife 1, na Rua da Aurora, em Santo Amaro. Também há leitos de UTI e enfermaria para pacientes com covid-19 no Hospital da Mulher, que também abrigará um hospital de campanha, na área externa da unidade.

Reforço de profissionais

Desde o início da pandemia, 1.346 profissionais foram contratados para auxiliar no combate à covid-19. Destes, 925 pela prefeitura e 421 pelas entidades que administram os hospitais de campanha da Rua da Aurora e dos Coelhos.

Na semana passada, a homologação de um concurso público da Secretaria de Saúde foi antecipada para agilizar a contratação dos profissionais. Nos últimos dias, foram nomeados mais de 230 profissionais, além de 30 aprovados no concurso que foram convocados de forma temporária para suprir as necessidades emergenciais da pandemia.

A Secretaria de Saúde está com inscrições abertas para seleção temporária de 40 médicos. O edital prevê a contratação temporária de médicos clínicos, intensivistas e intensivistas pediátricos, em regimes diarista e plantonista. A inscrição é gratuita. Desses, 14 médicos já tiveram as inscrições homologados e começam a trabalhar na próxima semana.

Uma lei municipal já sancionada garante o pagamento de pensão integral aos familiares dos profissionais de saúde que morrerem em decorrência da doença.

Mais Lidas