menu

Segunda parcela do auxílio emergencial começa a ser paga; veja calendário

Saiba quando você irá receber o benefício

Agência da Caixa na Praça da República, no bairro de Santo Antônio
Agência da Caixa na Praça da República, no bairro de Santo Antônio, no Recife (Tião Siqueira/ JC Imagem)

A segunda parcela do auxílio emergencial de R$ 600 do Governo Federal começa a ser paga a partir desta segunda-feira (18) pela Caixa Econômica Federal (CEF). Os beneficiários do Bolsa Família seguem o calendário normal do programa. Já para os trabalhadores informais, autônomos, microempreendedores individuais (MEIs), e inscritos no Cadastro Único para programas sociais do governo (CadÚnico) o calendário segue o mês de nascimento.

Quem recebe nesta segunda são os beneficiários do Bolsa Família com Número de Inscrição Social (NIS) final 1. Na terça (19), recebem os que têm NIS final 2, e assim por diante. A última leva (NIS final 0) será paga no dia 29 de maio (veja o calendário no fim da matéria). De acordo com o Ministério da Cidadania, 1,9 milhão de pessoas receberá o auxílio diariamente através do cartão do Bolsa Família.

Veja calendário de saques da segunda parcela do auxílio emergencial

Saiba como fazer para sacar auxílio emergencial da poupança digital

As pessoas que têm a poupança social digital da Caixa começam a receber a partir da próxima quarta (20). Receberão primeiro os que nasceram em janeiro e fevereiro. No dia seguinte, terão o valor creditado os nascidos em março e abril, e assim por diante (veja o calendário no fim da matéria). Estas pessoas poderão movimentar o benefício através do aplicativo Caixa Tem. A ferramenta permite a transferência para outras contas, a realização de pagamentos, entre outros serviços.

Já os saques em espécie terão um calendário diferente. Será possível fazer o saque a partir de 30 de maio para os nascidos em janeiro. Em 1º de junho, poderão retirar o dinheiro em espécie os nascidos em fevereiro e assim sucessivamente. A última data é 13 de junho, para quem nasceu em dezembro. No dia 7 de junho, um domingo, não haverá saques (veja o calendário no fim da matéria).

Veja como receber e movimentar o auxílio emergencial no aplicativo Caixa Tem

> Caixa explica processo de análise do auxílio emergencial

Não recebeu a primeira parcela?

A Caixa informou que irá creditar a primeira parcela para mais 8,3 milhões de beneficiários entre os dias 19 e 29 deste mês. Serão mais de R$ 5,3 bilhões creditados nas contas indicadas no momento da inscrição no site ou aplicativo. No último sábado (16), 405.163 pessoas receberam a primeira parcela, o que corresponde a R$ 246 milhões.

As pessoas que quiserem sacar o valor em espécie também precisarão seguir um calendário específico. Na terça-feira (19), o pagamento atenderá os nascidos em janeiro; na quarta-feira (20), para quem nasceu em fevereiro; na quinta-feira (21), para os aniversariantes de março; na sexta-feira (22), para os de abril; no sábado (23), para quem nasceu nos meses de maio, junho e julho.

O pagamento da primeira parcela volta a ser efetuado na segunda-feira (25) para quem nasceu em agosto. Na terça-feira (26), para os nascidos em setembro, e assim por diante até a sexta-feira (29). Quem não conseguir ir ao banco no dia correspondente ao mês de aniversário pode ir em algum dia posterior.

Veja como baixar o aplicativo do auxílio emergencial para receber R$ 600 do governo

Auxílio emergencial: Polícia Federal dá dicas de segurança para não cair em golpes

Auxílio em análise

Algumas pessoas continuam à espera da análise da solicitação para receber o auxílio emergencial. O questionamento do motivo da demora tem sido recebido de forma recorrente pela Caixa Econômica Federal (CEF). De acordo com a Caixa, o banco disponibiliza o aplicativo e o site para cadastramento e acompanhamento das solicitações do auxílio.

A partir do momento em que o solicitante registra os dados, as informações coletadas são enviadas à Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência (Dataprev) para avaliação dos requisitos. Entenda como funciona o processo de análise.

Confira os calendários:

Calendário de depósitos para beneficiários do Bolsa Família:

Último dígito do NISData do crédito
118 de maio
219 de maio
320 de maio
421 de maio
522 de maio
625 de maio
726 de maio
827 de maio
928 de maio
029 de maio

Calendário para depósito em poupança social:

Nascidos emDia de recebimento do benefício
janeiro e fevereiro20 de maio
março e abril21 de maio
maio e junho22 de maio
julho e agosto23 de maio
setembro e outubro25 de maio
novembro e dezembro26 de maio

Calendário para saque e transferência da poupança social:

Nascido emLiberado em
janeiro30 de maio
fevereiro1 de junho
março2 de junho
abril3 de junho
maio4 de junho
junho5 de junho
julho6 de junho
agosto8 de junho
setembro9 de junho
outubro10 de junho
novembro12 de junho
dezembro13 de junho

*Com informações da Agência Brasil