inusitado

Passageira tenta despachar botijão de gás de cozinha em voo comercial e vídeo viraliza

O avião saía de Recife com destino à São Paulo

Gabriela Luna
Gabriela Luna
Publicado em 25/03/2022 às 8:28
Notícia
Foto: Reprodução
Uma passageira tentou despachar um botijão de gás em um voo comercial da GOL - FOTO: Foto: Reprodução
Leitura:

Na madrugada desta quarta-feira (23), uma passageira tentou despachar um botijão de gás de cozinha em um avião comercial que saia de Recife, em Pernambuco, com destino ao aeroporto de Congonhas, em São Paulo.

A cena onde um funcionário da empresa aérea aparece desembrulhando um pacote que a cliente pretendia despachar viralizou nas redes sociais. Dentro da caixa havia um botijão de gás de cozinha.

..



Surpreso, o funcionário explica à passageira que ela não pode levar o objeto no avião. “Isso aqui não pode ser despachado não. Certo? Isso aqui é praticamente uma bomba. A senhora derruba um avião com um negócio desse. Não pode embarcar não.”

A mulher, que não aparece no vídeo, ainda questiona se mesmo vazio não poderia enviar, ao que o funcionário responde que não pode de nenhuma forma.

LEIA MAIS: Criança de 9 anos foge de casa e viaja sozinha de Manaus para São Paulo escondida em avião

A empresa aérea emitou uma nota sobre o ocorrido. Confira na íntegra:

“A GOL informa que uma Cliente compareceu ao check-in para embarque no do voo nº 1611 , com trecho (REC-GRU), na madrugada desta quarta-feira (23) com o intuito de despachar uma caixa que continha um botijão de gás de cozinha. O colaborador da Companhia, em procedimento padrão de segurança, identificou que a bagagem possuía item perigoso e, de pronto, comunicou à Cliente que o mesmo não poderia ser despachado, pois representaria um risco ao voo. Todo o procedimento transcorreu de forma tranquila e a Cliente embarcou normalmente.

Todos os Colaboradores da GOL nos aeroportos são treinados para evitar que qualquer tipo de item proibido seja embarcado e atuam sempre com foco na Segurança, valor número 1 da GOL.”

A companhia reforçou ainda, que as regras de bagagem estão disponíveis para consulta e informação desde o momento da compra até o embarque.

..

Veja o vídeo:

Itens proibidos

Artigos perigosos: Explosivos, gases, líquidos inflamáveis e alguns tipos de armas

Artigos que produzem calor: itens que funcionem à pilha capazes de produzir calor extremo ou que tenham potencial de causar fogo se ativados. É o caso de lanternas submarinas e equipamentos de solda, por exemplo.

Vale saber: itens sem a fonte de energia (baterias ou pilhas) podem ser transportados;

Armas de choque e eletrochoque (como os tasers, por exemplo) e itens que contenham explosivos, gases comprimidos e baterias de lítio com índice de watt-hora superior a 160 Wh são totalmente proibidos como bagagem de mão, junto ao corpo ou na bagagem despachada;

Dispositivos para incapacitação: Tais como spray de pimenta, entre outros, contendo substâncias irritantes ou incapacitantes são proibidos junto ao corpo, em bagagem despachada ou de mão;

Equipamento de segurança: Tais como maletas, caixas de dinheiro, malas de dinheiro, entre outros, e que incorporem artigos perigosos como parte deste equipamento (baterias de lítio, material pirotécnico etc.);
Fogareiro de acampamento e recipientes com líquido inflamável: Tais como maletas, caixas de dinheiro, malas de dinheiro, entre outros, e que incorporem artigos perigosos como parte deste equipamento (baterias de lítio, material pirotécnico etc.);

Materiais biológicos: todos os elementos que contêm informação genética ou que sejam classificados como de autorreprodução, tais como amostras de pacientes, produtos biológicos, substâncias infectantes e agentes patogênicos.

Comentários


Mais Lidas