menu

Calendário da terceira parcela do auxílio emergencial é divulgado; veja

Dinheiro começa a ser depositado a partir deste sábado

Agência da Caixa em Cabo de Santo Agostinho
Agência da Caixa em Cabo de Santo Agostinho (Reprodução/TV Jornal)

O calendário de pagamento da terceira parcela do auxílio emergencial foi divulgado na noite dessa quinta-feira (25) pelo governo federal. O dinheiro começa a ser depositado nas contas da poupança social digital a partir deste sábado (27), para os nascidos em janeiro e fevereiro, e seguirá até 4 de julho, com os demais meses de nascimento dos beneficiários. 

Os saques em espécie e as transferências começam no dia 18 de julho e seguem até 19 de setembro.

Quarta parcela do auxílio emergencial para o Bolsa Família começa a ser paga em julho; veja datas

Caixa libera calendário da segunda parcela do auxílio emergencial para o lote 2

Novos aprovados: mais de 1,1 milhão recebem auxílio emergencial a partir deste sábado

Auxílio emergencial: veja como usar o Caixa Tem para movimentar o dinheiro

"Nós estamos, agora no sábado, pagando mais uma parcela para 60 milhões de brasileiros. Nesse próximo sábado até o sábado que vem, 60 milhões de brasileiros recebem mais uma parcela", disse o ministro da Economia, Paulo Guedes.

O pagamento das parcelas é realizado de forma escalonada para evitar aglomerações nas agências da Caixa Econômica Federal (CEF) e evitar a disseminação do novo coronavírus.

O calendário da 3ª parcela do auxílio gerou grande expectativa nos beneficiários pela demora em ser divulgado. Muitos deles receberam a segunda parcela há um mês e estão precisando da renda.

Em uma live nessa quinta-feira, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que o auxílio emergencial vai pagar um adicional de R$ 1,2 mil, que serão divididos em três parcelas. O benefício será pago por mais três meses. "Vamos partir para uma adequação. Deve ser, estamos estudando, R$ 500, R$ 400 e R$ 300", disse.

O auxílio emergencial foi criado em abril para socorrer trabalhadores informais, autônomos, microempreendedores individuais (MEIs) e pessoas de baixa renda durante a pandemia do novo coronavírus.

Quem recebe o Bolsa Família já começou a ter a terceira parcela paga desde a semana passada. Nesta sexta-feira (26), recebem os beneficiários do programa com Número de Identificação Social (NIS) terminado em 8. O calendário da 3ª parcela do auxílio emergencial do Bolsa Família começou no dia 17 de junho e vai até 30 de junho.

Veja calendário para quem recebe o Bolsa Família

NIS finalizado em 1: 17 de junho
NIS finalizado em 2: 18 de junho
NIS finalizado em 3: 19 de junho
NIS finalizado em 4: 22 de junho
NIS finalizado em 5: 23 de junho
NIS finalizado em 6: 24 de junho
NIS finalizado em 7: 25 de junho
NIS finalizado em 8: 26 de junho
NIS finalizado em 9: 29 de junho
NIS finalizado em 0: 30 de junho

Veja calendário de depósito da 3ª parcela para os demais

27 de junho (sábado): nascidos em janeiro e fevereiro
30 de junho (terça-feira): nascidos em março e abril
1º de julho (quarta-feira): nascidos em maio e junho
2 de julho (quinta-feira): nascidos em julho e agosto
3 de julho (sexta-feira): nascidos em setembro e outubro
4 de julho (sábado): nascidos em novembro e dezembro

Veja calendário de saques e as transferências da 3ª parcela:

18 de julho (sábado): nascidos em janeiro
25 de julho (sábado): nascidos em fevereiro
1º de agosto (sábado): nascidos em março
08 de agosto (sábado): nascidos em abril
15 de agosto (sábado): nascidos em maio
29 de agosto (sábado): nascidos em junho
1º de setembro (terça-feira): nascidos em julho
8 de setembro (terça-feira): nascidos em agosto
10 de setembro (quinta-feira): nascidos em setembro
12 de setembro (sábado): nascidos em outubro
15 de setembro (terça-feira): nascidos em novembro
19 de setembro (sábado): nascidos em dezembro

Números

De acordo com os números da Caixa, mais de 64,1 milhões de beneficiários já receberam em torno de R$ 90,8 bilhões (1ª, 2ª e 3ª parcelas). No total, foram realizados 127,3 milhões de pagamentos. Cerca de 106,3 milhões de cadastros foram processados, dos quais foram considerados elegíveis 19,2 milhões do Bolsa Família; 10,5 milhões do Cadastro Único e 34,4 milhões do aplicativo/site.

Trabalhadores têm até 2 de julho para se cadastrar no auxílio

Os trabalhadores têm até o dia 2 de julho para realizar o cadastro no auxílio emergencial. Quem solicitar até essa data, receberá as três parcelas de R$ 600. Veja como baixar o aplicativo do auxílio para receber R$ 600 do governo. As agências dos Correios também são uma opção para quem deseja fazer o cadastro para receber o benefício.